«

»

dez 29 2021

Variante Ômicron da Covid-19 dobra o número de casos a cada “dois a três dias”

A pandemia de Covid-19 registrou um recorde de casos no mundo nos últimos sete dias, devido à variante Ômicron, altamente contagiosa e que representa um risco “muito elevado”, hoje (29) a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com 935.863 novos casos por dia em média na última semana, segundo o balanço da AFP elaborado com base em informações oficiais, o vírus circula, atualmente, a uma velocidade sem precedentes.

O número é consideravelmente maior que o recorde anterior, registrado entre 23 e 29 de abril, com 817.000 casos diários em média, e representa uma alta de 37% na comparação com a semana antecedente.

“O risco global relacionado com a nova variante de preocupação Ômicron permanece muito elevado”, alertou a OMS em seu relatório epidemiológico semanal. O documento destaca que o número de casos dobra a cada “dois a três dias”.

Segundo seu diretor-geral, Tedros Adhanom Ghebreyesus, o “tsunami” criado pela circulação simultânea das variantes delta e Ômicron está levando “os sistemas de saúde à beira do colapso”.

A maioria das novas infecções foi registrada na Europa, onde vários países anunciaram novos recordes históricos ontem.

Na França, 208 mil novos casos de Covid-19 foram registrados nas últimas 24 horas, não muito atrás dos Estados Unidos, onde ontem foi registrada uma média semanal recorde de 265.427 casos diários, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

A Dinamarca é hoje o país do mundo com mais casos novos em relação à sua população: superou hoje seu recorde absoluto ao registrar 23.228 novas infecções em 24 horas. A incidência dinamarquesa significa que mais de um em 60 habitantes apresentou resultado positivo na semana passada.

A pandemia de Covid-19 provocou mais de 5,4 milhões de mortes no mundo desde dezembro de 2019, segundo um balanço da AFP com base em fontes oficiais. A OMS acredita, no entanto, que o número real pode ser entre duas e três vezes superior a este total.

Desde o início da pandemia, mais de 282 milhões de casos foram registrados oficialmente.

Fonte:R7/AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*