«

»

ago 30 2021

Vinícius Rodrigues e Alessandro Rodrigo são prata nas Paralimpíadas de Tóquio

Vinícius Rodrigues festeja prata nos 100m — Foto: Wander Roberto/CPB

Vinícius Rodrigues tinha o peso do favoritismo nas costas. Ao quebrar o recorde paralímpico nas semifinais, o brasileiro chegou à decisão com a missão de buscar o ouro nos 100m T63. Mas, por um centésimo, acabou com a prata.

O atleta terminou a prova com 12s05, atrás do russo Anton Prokhorov, com 12s04. Leon Schaefer, da Alemanha, com 12s55, completou o pódio.

No arremesso de peso na classe F11, para deficientes visuais, Alessandro Rodrigo também conquistou a prata. Na sua última tentativa ele fez sua melhor marca no ano, 13,89m, e garantiu o segundo lugar. O ouro ficou com o iraniano Mahdi Oladi, com 14,43m.

Vinícius, assim como na semifinal, não teve uma boa saída. O brasileiro, porém, se recuperou na reta final e brigou pelo ouro contra Prokhorov.

O russo, que compete na classe T42, com lesões nas pernas, quebrou o recorde mundial e levou a melhor por um décimo, à frente de Vinícius.

” Lógico que toda visualização que a gente faz é com a douradinha. São as minhas primeiras Paralimpíadas. Mesmo em um ano atípico, todo mundo precisou se adaptar. Não vou dizer que estou pleno, mas estou feliz com uma medalha. Eu me inspirei no Ayrton Senna. Paris está logo ali, ano que vem tem Mundial também. O ouro virou prata. Mas, se for de grão em grão, a próxima vai ser ouro – disse o brasileiro.

Com informações de GE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*