mai 27

EPA! EPA! EPA! DONALD TRUMP ESTÁ CHEGANDO LÁ!

CEZAR MOTA

Donald Trump conseguiu 1.280 delegados e já pode ser considerado candidato à Casa Branca. Falta apenas a homologação do Partido Republicano.

É inacreditável mas, pelas pesquisas, teria hoje condições de bater tanto Hillary Clinton quanto Bernie Sanders no duelo final em Washington.

O que é chocante é que as barbaridades que diz e alardeia já são aceitas como “naturais” pelos eleitores, que veem pontos positivos no que diz: “Ele é maluco, mas tem razão em tais e tais pontos…”, dizem algumas eminências do Partido Republicano, cuja elite tradicional o rejeitava abertamente no início.

Ele não é maluco. É um fascista, racista e xenófobo, e é absurdo que tenha chegado aonde chegou.

 

mai 27

GUARDA COMPARTILHADA DE FILHOS É GRANDE AVANÇO LEGISLATIVO DO BRASIL

A segunda lei da guarda compartilhada, em vigor desde dezembro de 2014, é um dos maiores avanços legislativos dos últimos tempos.

O maior mérito dessa lei é que se fundamenta na igualdade entre mulheres e homens também no exercício da guarda, princípio previsto na Constituição Federal de 1988, assim como no Código Civil, desde janeiro de 2013, mas que não vinha sendo completamente aplicado quando o assunto era a guarda dos filhos.

É o que afirma a presidente da ADFAS (Associação Brasileira de Direito de Família e das Sucessões), advogada Regina Beatriz Tavares da Silva.

“Aliás, a reformulação conservou o que era bom da primeira, como no que diz respeito ao compartilhamento das responsabilidades, e alterou o que era necessário, em especial no que se refere à possibilidade de ser estabelecida pelo juiz, mesmo quando não há acordo entre a mãe e o pai”.

Segundo Regina, de pouco ou nada servia a primeira lei da guarda compartilhada, do ano de 2008, quanto à prevalência dessa espécie de guarda, já que somente quando houvesse acordo poderia ser estabelecida, sendo que, em casos acordados, nem mesmo a lei seria necessária”, explica.

A segunda lei veio estabelecer que, mesmo quando não existir acordo entre pai e mãe, a guarda compartilhada pode ser estabelecida pelo juiz. Isso porque é exatamente nesses casos que o filho fica no meio da guerra de afetos.

Se, durante o casamento ou a união estável, pai e mãe escolhiam a escola, as atividades extracurriculares e os tratamentos de saúde dos filhos, exercendo as responsabilidades com relação aos filhos, não existe razão para que somente um deles, via de regra a mãe, na guarda unilateral, exerça essas escolhas.

Apenas um motivo, expressamente previsto na segunda lei, pode acarretar essa total modificação no exercício do poder familiar: se o pai não tiver aptidão para exercer a guarda.

Esse tipo de guarda, a compartilhada, não tem qualquer interferência na “pensão alimentícia, de modo que quem tem possibilidades continuará a arcar com as despesas do filho. Falar ou pleitear algo em contrário é desconhecer a lei brasileira”, conclui a advogada.

 

mai 27

COITADO DO AÉCIO! TODO MUNDO ACREDITA QUE ELE SE FERROU

MAGNO MARTINS (Do Blog do Magno)

Aécio vai virar a bola da vez. Segundo Sérgio Machado, o tucano é “o mais vulnerável do mundo”. Leia trecho abaixo:

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, aparece mais uma vez nos diálogos do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, com caciques do PMDB.

Em uma das conversas com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre os avanços da Operação Lava Jato, no dia 11 de março, o parlamentar tucano é citado como sendo “o cara mais vulnerável do mundo” nas gravações reveladas nesta quinta-feira (26), pela TV Globo.

Machado – E o PSDB pensava que não (seria atingido pela operação), mas o Aécio agora sabe. O Aécio, Renan, é o cara mais vulnerável do mundo.

Renan – É

O tucano também apareceu na conversa de Machado com Romero Jucá (PMDB), divulgada na segunda-feira, 23, e que acabou derrubando o senador do Ministério do Planejamento com apenas 12 dias do governo interino de Michel Temer (PMDB).

Na ocasião, Jucá também afirmou ao ex-presidente da Transpetro que “caiu a ficha” de líderes do PSDB. “Todo mundo na bandeja para ser comido”, disse o senador.

O presidente do PSDB aparece no diálogo, como sendo “o primeiro a ser comido”.

“O Aécio não tem condição, a gente sabia disso, porra. Quem que não sabe? Quem não conhece o esquema do Aécio? Eu, que participei da campanha do PSDB”, falou Machado. “A gente viveu tudo”, se limitou a dizer Jucá.

 

mai 27

OS JUROS MAIS EXTORSIVOS DO MUNDO

FLÁVIO CAVALCANTI JR

Entra governo, sai governo. Muda-se a política econômica e a fiscal, mas os agiotas que usam o pseudônimo de banqueiros continuam cobrando os juros mais caros do mundo, ao mesmo tempo que obtêm lucros pornográficos.

Para uma inflação anual em torno dos 10% e Juros Selic em 14%, os bancos cobram, em média:
CHEQUE ESPECIAL 309% ao ano;
CARTÃO DE CRÉDITO: 449% ao ano.

Isto é extorsão. E ninguém vai preso!

mai 27

QUER UMA BOA NOTÍCIA? NÚMERO DE FUMANTES NO DF DIMINUIU MUITO!

No Dia Mundial sem Tabaco, comemorado em 31 de maio, o Distrito Federal registra que o hábito de fumar vem caindo de forma significativa.

Havia 16% de fumantes na população brasiliense em 2006, para 9,7% em 2014.

Uma redução de cerca de 40% no número de fumantes em menos de uma década.

A Secretaria de Saúde acredita que a redução da incidência do tabagismo está relacionada ao trabalho de capacitação e educação continuada dos profissionais de saúde, empresas e escolas em todo o DF.

Atualmente, a Secretaria tem 94 unidades de saúde com equipes capacitadas para realizar o tratamento de tabagismo e 74 empresas habilitadas a oferecer diretamente o tratamento para os seus empregados.

Entre os anos de 2011 e 2014, as unidades de tratamento do tabagismo atenderam 20.385 fumantes, sendo que 13.177 pararam de fumar na quarta sessão, a última do esquema terapêutico.

 

mai 27

ANÁLISE ECONÔMICA: A UM BRUXO, COM AMOR

RODOLDO AMSTALDEN (Da consultoria Empiricus)

Lavando a jato

Nem Dilma, nem Temer – somos governados pela Lava Jato.

Esse é o novo motto político do mercado.

Preocupa perder Renan e a base de apoio no Senado?

Preocuparia mesmo o triunfo dos injustos.

Lula e Dilma ficam mais implicados pelas gravações de Sérgio Machado.

Já Temer mantém distância da zona de vulnerabilidade.

Quanto antes o impeachment definitivo, tanto melhor.

 

 Mitigando riscos

Machado não aumenta o risco de volta da Dilma, tampouco de Lula presidente.

Na verdade, ambos esses riscos são diminuídos pelas gravações.

E ainda mais diminuídos com a iminente delação da Odebrecht.

Acompanho com gosto as novas investigações.

A Lava Jato sempre foi pró-mercado.

E continuará sendo.

Se não fosse, também, que me desculpe o mercado, mas temos prioridades nessa vida.

 

 Lendo tudo

“Outros leram da vida um capítulo, tu leste o livro inteiro”.

É o que diz Drummond a Machado no poema que intitula este Relatório M5M (Empiricus).

Não há como ter lido, ainda, o livro inteiro desta crise.

Mas já passamos da metade, rumo aos últimos capítulos.

Meirelles prevê déficit primário de R$ 66 bi em 2017.

Ou seja, teremos superávit em 2018, inflação próxima à meta e PIB crescendo.

É um prato cheio ao próximo mandato.

Que ele seja um prato cheio para nós, eleitores e investidores.

Isso é o que nos levará até os 100 mil pontos de Ibovespa e Selic a 10%.

 

Falando de lá

Uma pausa aqui para falarmos de lá.

Discurso da presidente do Fed (14h15) poderá reforçar cenários de alta dos juros americanos.

PIB dos EUA parece estar fazendo a sua parte para duas elevações de 25 bps até o fim do ano.

Principalmente por isso, o dólar volta a subir contra o real e demais emergentes.

Nossas transações correntes, que já se destacaram em abril, podem se tornar uma bela surpresa para 2016.

 

Aproveitando a ponte

Por ora, precisamos de duas variáveis de reação rápida:

  1. Início, mesmo tímido, de queda da Selic.
  2. Contas correntes superavitárias.

 

mai 27

ENTORNO SE TRANSFORMOU NUMA BAIXADA FLUMINENSE. AGORA, DF E GOIÁS TENTAM MELHORAR A SEGURANÇA

O Entorno de Brasília, reunindo mais de duas dezenas de municípios goianos, é uma área caótica, com péssimas condições de segurança, transporte coletivo de baixa qualidade e muitos outros serviços ruins.

Agora, os governos do DF e de Goiás tentam agir em conjunto na Segurança Pública. Não dá para esperar muita coisa, pois as condições sociais e de infraestrutura desta área próxima de Brasília são deficientes.

Os dois governos assinaram um protocolo de intenções para implementar o Pacto de Segurança Integrada para o Entorno.

Com isso, prevêem que forças de segurança das duas unidades da Federação trabalharão em conjunto.

Tomara que funcione! Na década de 80, a imprensa já alardeava que o Entorno estava se transformando numa nova Baixada Fluminense. Apesar de seguidas advertência, quase nada foi feito e esta triste realidade se concretizou.

Águas Lindas, município goiano influenciado pela Ceilandia (DF), foi nos últimos anos modelo negativo de segurança precária, com índices de crescimento populacional anormais e policiamento sempre precário. Mesmo assim, as atividades desse Pacto não começam por esta cidade.

As ações previstas partem dos programas Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida, da capital federal, e Goiás com Vida, do Executivo goiano.

Ambas apostam na união entre as forças de segurança e outros órgãos de governo para construir uma cultura de paz. Entre as prioridades estão o aumento nas apreensões de drogas e de armas, a solução de crimes contra a vida e a diminuição da vulnerabilidade social.

Serão tratados, em uma primeira fase, especialmente dois municípios de Goiás: Cidade Ocidental e Valparaíso.

Está incluído no acordo o compartilhamento de softwares e das bases de dados de crimes violentos contra a vida e contra o patrimônio, de tráfico de drogas, de identificação civil e de criminalística.

As primeiras ações devem ocorrer em junho. Antes disso, os gestores se reunirão em Goiânia (GO), para definir metas e estratégias para as forças.

Será instituída a Força de Atuação Integrada no Entorno, que respeitará protocolos de procedimento integrados nas áreas que compreendem a Ride. Serão realizadas capacitações conjuntas e criadas câmaras temáticas, para analisar tópicos específicos ou prioritários.

Vale lembrar, que a crise de segurança no Entorno tem sido tão grave que a Força Nacional, policiamento gerado pelo governo federal, esteve à disposição da área durante alguns anos, evitando situações mais dramáticas.

mai 27

DESABAFO: CULTURA DO CAOS EM GOIÂNIA

MARIZETE MUNDIM

Gente, ninguém merece! O pessoal do Ocupa MINC invadiu um museu que fica ao lado da casa da minha mãe, aqui em Goiânia.

Há oito dias tocam incessantemente, inclusive de madrugada, músicas bolivarianas a mil decibéis.

Em igual volume, vociferam discursos contra o “golpe” e a favor de Dilma, Lula e do desgoverno petista!

Emporcalharam o museu, a calçada e a rua.

Fico me perguntando por que o governador Marconi Perillo ainda não mandou, ao menos, cortar a luz do museu.

Assim, os desocupados que ocupam o local não estariam nos obrigando a pagar o alto consumo de energia que sustenta a algazarra.

Além, é claro, de poupar nossos ouvidos das chorumelas bolivarianas. Haja paciência, viu?

mai 27

O RIO DE JANEIRO CONTINUA FINDO!

RIO

mai 27

CAMINHADA DOMINGO PELA BEATRIZ

BETH NARDELLI

A cada onze minutos uma mulher é violentada.

O estupro coletivo despertou uma indignação também coletiva, mas a luta pelo fim dessa barbárie já deveria ser ativa há muito tempo.

Em Brasília, no domingo, às 10h, saindo do Museu da República, Caminhada das Flores pela Beatriz.

Levem uma flor para ser depositada na estátua da deusa da Justiça, no STF.

Vamos transmitir carinho a essa menina, que levará esse trauma para sempre, e exigir que todos os culpados sejam punidos. ‪#‎contratodas‪#‎fimdaculturadoestupro

mai 27

ANÁLISE DOLORIDA SOBRE O ESTUPRO COLETIVO DO RIO

RENAN MOREIRA

Vi três tipos de comentários em relação à barbárie ocorrida com a adolescente no Rio.

A galera do meio: naturalmente chocada. Apresenta como solução a panaceia brasileira de sempre! Genialmente diz: Vamos criminalizar! Afinal, todos sabemos que o bandido sai na rua com Código Penal debaixo do braço e pensa: “Deixa eu ver aqui qual crime a pena é leve e dá pra cometer hoje”.

Os Bolsominios: esqueceram que seu líder é um dos maiores representantes da misoginia no Brasil e avocam para si o combate a todo tipo de crime. Tem como solução a castração química. Esquecem que as cadeias estão lotadas de inocentes e que infelizmente, se aprovado, teríamos vários inocentes castrados.

As feministas: que estão dizendo um desabafo de Eu avisei!. E dizem que estuprar no Brasil é cultural. Desculpa, amiga, mas não é.

Cultural é um conjunto de conhecimentos e valores de uma sociedade. Não acredito que o brasileiro tenha isso como certo, nem como tradição.

Não peguem a exceção como regra. Meia dúzia de idiotas não representam a cultura do Brasil. Dizer que temos uma cultura machista, concordo! Agora de estupro, não.

mai 25

ANÁLISE ECONÔMICA: CONTROLE DE GASTOS NO NOVO GOVERNO

 

RODOLFO AMSTALDEN (De Consultoria Empiricus)

 Jogo inaugural

Congresso aprovou, na calada da noite, a revisão da meta fiscal.

Dizem que até o Nelson Barbosa concordou com os novos R$ 170 bi.

É uma primeira vitória de Temer em seu parlamentarismo de facto.

Não é uma supervitória, tampouco um teste irrelevante.

É apenas o primeiro passo.

De qualquer forma, tínhamos que começar de algum lugar.

 Base zero

Por mais que exija mudança nas vinculações de saúde, educação e INSS, acho o teto de gastos relativamente fácil de vender.

Ninguém aguenta mais setor público que sobe despesa acima da inflação (gerando, com isso, mais inflação).

Só que Temer precisa também cortar gastos, não basta apenas limitar a expansão dos gastos.

Orçamento base zero é diferente de orçamento topo cem.

 Etiqueta básica

Aonde vamos depois do corte na carne?

Confesso-me um pouco ansioso para as medidas de apoio a investimentos.

Vem aí um fundinho de R$ 500 milhões, capaz de alavancar R$ 5 bi em concessões.

Não são ainda R$ 100 bilhões, mas – de novo – temos que começar de algum lugar.

O programa trará regras “amigáveis” para investidores; ou seja, taxas de retorno definidas a mercado.

O que chamamos de regras amigáveis hoje (por culpa da Dilma) deveríamos chamar, simplesmente, de regras de etiqueta.

Quebra de sigilo

Faxina continua.

Temer exonerou Miriam Belchior da presidência da Caixa, colocando o VP de TI como interino.

Carecemos de rápidas nomeações para os comandos da CEF e do BB.

Dar-se um jeito na próxima semana.

Para que os novos comandantes comecem a fazer a limpeza que Maria Silvia está fazendo no BNDES.

Conheceremos, enfim, as operações “sigilosas” do banco de fomento?

mai 25

DESFECHO DO IMPEACHMENT NO SENADO PODE SER ANTECIPADO PARA AGOSTO, POR CAUSA DAS ELEIÇÕES

O Senado tem até 180 dias para concluir o processo de impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff. Mas quer antecipar esse desfecho para agosto, muito em função das eleições municipais de outubro.

Na verdade, a Constituição estabelece que esta fase pode se estender por um período de até 180 dias, o que estenderia as discussões até novembro (após as eleições no primeiro turno), mas o processo pode ser acelerado.

A previsão de agosto tem como base o cronograma de trabalho apresentado pelo relator da agora chamada Comissão Processante do Impeachment, Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Segundo Anastasia, o prazo de 20 dias dado a Dilma para apresentação de uma nova defesa prévia termina no dia 1º de junho. O tempo começou a contar a partir do dia 12 de maio, quando ela foi notificada da decisão do Senado pela admissibilidade do processo de impeachment.

Também no dia 1º de junho, os senadores poderão apresentar requerimentos para indicação de testemunhas e de provas pelos membros da Comissão.

No dia 2 de junho, o relator pretende apresentar, discutir e votar seu parecer sobre provas e diligências. O calendário prevê ainda entre os dias 6 e 17 de junho, a oitiva de testemunhas, esclarecimentos do perito e juntada de documentos.

Para o dia 20 de junho, está previsto o interrogatório de Dilma Rousseff na comissão, quando ela poderá comparecer ou ser defendida por um advogado. De 21 de junho a 5 de julho, alegações escritas dos denunciantes deverão ser apresentadas. Já os argumentos escritos em defesa de Dilma podem ser apresentados ao colegiado de 6 a 21 de julho.

A leitura do relatório final de Anastasia na comissão sobre a fase de pronúncia está prevista para 25 de julho. No dia seguinte, 26 de julho, o documento será discutido na Comissão, e no dia 27, a expectativa é que o parecer – que pode ser favorável ou não à pronúncia do processo – seja votado. A ideia do relator é que a decisão da comissão seja lida em sessão no plenário da Casa em 28 de julho. A partir daí, deve haver, no mínimo, 48 horas de intervalo para julgamento do parecer em plenário. Pelas contas do relator, isso deverá ocorrer em 1 ou 2 de agosto.

mai 25

COMENTÁRIO: CUNHA E SUA GOVERNANTA

LAUDELINO JOSÉ SARDÁ

Vocês têm ideia do salário que a Câmara Federal paga para a governanta do deputado Eduardo Cunha?

Fora os encargos sociais, uma funcionária da própria Câmara ganha salário de R$ 29 mil para “governar” a mansão do presidente afastado do Legislativo.

A mansão ainda tem 16 guardas, que se revezam 24 horas por dia, além de uma equipe de seis cozinheiros e quatro garçons.

Essa mordomia exacerbada é mantida a um custo de R$ 400 mil por mês.

Enquanto isso, o plano de contenção de gastos do governo compromete a saúde e educação.

Por que o Legislativo brasileiro não inicia o processo de moralização, implantando um modelo análogo ao da Finlândia, por exemplo, onde um parlamentar só tem um assessor e um apartamento de 30 m2?

Aqui, um deputado federal tem mais de 80 assessores (divisão do pessoal da casa pelo número de parlamentares).

Mas não precisamos ir longe. O vereador de Florianópolis tem direito a 11 funcionários.

mai 25

CINCO CAVALEIROS DO APOCALIPSE

ANTONIA MARCIA VALE

A partir de hoje a única informação que verdadeiramente interessa é saber quem são os cinco ou seis parlamentares honestos aos quais o Sérgio Machado se referiu em sua gravação.
O resto é golpe!

mai 25

JORNALISTAS DE BRASÍLIA CRIAM O MOVIMENTO INDEPENDENTE (MI) NOVAS MÍDIAS

Um grupo de jornalistas de Brasília está lançando, nesta quarta-feira (25), pelas mídias sociais, o Movimento Independente (MI) Novas Mídias, que congrega, para trabalho em conjunto, 12 sites e blogs tradicionais do Distrito Federal.

No manifesto de apresentação, o grupo explica que não pretende construir uma hegemonia, tampouco substituir esse ou aquele meio de comunicação.

“Somos livres, independentes e nosso compromisso é com a notícia e a opinião, seja ela através de blogs, portais, redes sociais, vídeos ou qualquer meio de comunicação que faça chegar informação aos cidadãos”, diz o manifesto.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

MANIFESTO DO MOVIMENTO NOVAS MÍDIAS

Ao pensar as relações entre as novas mídias e a comunicação, forma-se uma sociedade em rede. Essa sociedade, que se desenvolve a partir das novas tecnologias, cria formas de agrupamento e de coordenação ativa.

Não viemos para construir uma hegemonia, tampouco para substituir esse ou aquele meio de comunicação. Estamos aqui para ocupar o nosso espaço como alternativa e dar a nossa contribuição à informação e à sociedade.

Quem somos? O Movimento Independente de Novas Mídias não tem a pretensão de protagonismo.

Não somos uma entidade cartorial pautada na burocracia. Somos um movimento. Não temos caciques. Somos todos iguais.

Somos livres, independentes e nosso compromisso é com a notícia e a opinião, seja ela através de blogs, portais, redes sociais, vídeos ou qualquer meio de comunicação que faça chegar informação aos cidadãos.

Qual o conceito de velha e de nova mídia?

Nesse caso, mais do que situar-nos em uma dessas definições, o importante é diferenciar duas formas de encarar essa questão. Uma delas é tecnológica, a outra é política. O velho e o novo.

A definição tecnológica trata como velha mídia os chamados meios tradicionais, especialmente os impressos, mas também televisão e rádio; e chama de nova mídia a internet, especificamente blogs e redes sociais.

Esse tipo de definição carrega problemas políticos que constroem a perspectiva excludente da mídia. Isso porque o adjetivo “velho”, especialmente quando confrontado diretamente com a ideia de “novo”, carrega forte carga negativa, como algo superado, que já não serve mais. Essa noção é equivocada.

Não consideramos isso. Todos os meios precisam se reinventar para levar a informação honesta da melhor forma e é isso que vem acontecendo.

A internet pode, sim, ser mais um caminho para atender à necessidade de obter informações.

Não é a internet que vai construir a transformação. São as pessoas, apropriando-se de todas as ferramentas e facilidades disponíveis para isso – inclusive a internet. São as pessoas que precisam mudar. É o homem novo que precisa ser construído e, a partir dele, e com ele, uma nova mídia.

Agindo sobre essas bases conceituais teremos maior capacidade de entender quem somos e o papel que podemos cumprir enquanto construtores dessa nova mídia e, com ela, de uma nova sociedade.

O MI Novas Mídias veio para contribuir neste debate!

Brasília-DF, 25 de maio de 2016

Carlos Honorato———–Delmo Menezes———-Ederson Marques———Edson Sombra———–Elton Santos———–Luciano Lima——-Marcos Machado———–Maurílio Macedo—————Odir Ribeiro——–Renato Riella————Renato Souza————-Ricardo Callado

mai 25

GDF ANUNCIA MEDIDAS PARA MELHORAR O TRANSPORTE PÚBLICO

A Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal (DF) lançou o programa Circula Brasília, com medidas para melhorar o transporte público.

Entre as ações previstas no programa, destacam-se a implantação do bilhete único, obras em rodovias, ciclovias e rede integrada de metrô, BRT (transporte rápido por ônibus) e VLT (veículo leve sobre trilhos).

A frota de veículos dobrou nos últimos 10 anos no Distrito Federal. A média é de 1,77 pessoa por automóvel. Há 55 automóveis para cada 100 habitantes. Além disso, Brasília tem a menor taxa de uso de coletivos do país, obrigando a se repensar o transporte público.

Serão gastos no programa Circula Brasília R$ 6 bilhões. De acordo com o governador do DF, Rodrigo Rollemberg, parte do valor já está disponível e algumas obras terão inicio ainda neste ano.

“Temos em torno de R$ 1,6 bilhão, fruto de financiamentos já autorizados. O restante tem parte aprovada, mas sabemos que não teremos liberações imediatas. Buscamos parcerias público-privadas para levar melhorias para a população.”

Rollemberg informou que obras como as do trevo de triagem norte, da terceira pista de ligação do Balão do Torto e do Colorado terão início provavelmente em julho.

O secretário de Mobilidade, Marcos Dantas, destacou que, além de conforto, o projeto trará a quebra de paradigmas.

“O desafio é gigantesco, mas o programa vai mudar o paradigma da mobilidade urbana do DF. Não se trata de mais um plano diretor, e sim de ações concretas. Estamos trabalhando para que o usuário de transporte pegue o ônibus de um lado e chegue do outro com menos tempo no trânsito e com mais conforto.”

As ações previstas no plano deverão ser concluídas em prazo entre um e três anos, com exceção da expansão do metrô para a região norte do Distrito Federal, que deve começar em junho de 2018 e ficar pronta em maio de 2026.

mai 25

APROVADA NOVA META FISCAL DO GOVERNO, COM DÉFICIT DE R$ 170,5 BILHÕES ESTE ANO

O presidente Michel Temer conseguiu grande vitória, ao ver o Congresso Nacional aprovar, na madrugada desta quarta-feira (25),  em votação simbólica, o projeto com a revisão da meta fiscal para 2016.

O texto autoriza o governo federal a fechar o ano com um déficit primário de até R$ 170,5 bilhões nas contas públicas,  o que corresponde ao rombo deixado nas contas pelo governo da presidente afastada Dilma Rousseff.

A meta fiscal, economia que o governo promete fazer para pagar a dívida pública, gira em torno da expectativa da receita arrecadada e também dos gastos. A nova meta com o déficit foi anunciada na sexta-feira (20) pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Do total de R$ 170,5 bilhões de déficit, R$ 163,9 bilhões dizem respeito ao déficit do setor público não financeiro para o Governo Central, dos quais R$ 114 bilhões referem-se ao déficit fiscal, acompanhado de R$ 21,2 bilhões de descontingenciamento de receitas; R$ 9 bilhões para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC); R$ 3,5 bilhões para o Ministério da Defesa; R$ 3 bilhões para a Saúde; R$ 13,3 bilhões para renegociação de dívidas dos estados e outras despesas. Também entram no cálculo RS 6,554 bílhões para os estados e municípios.

O governo Temer justificou o resultado alegando dificuldades diante da crise econômica e queda nas receitas, com um recuo do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,8%.

 

mai 24

CPI DA CULTURA VAI REABRIR O DEBATE

JORGE ROSA

Vem aí a CPI da Lei Rouanet.

Deputado anunciou hoje na sessão do Congresso que já conseguiu as assinaturas necessárias para requerer a instalação da CPI.

O requerimento já conta com 192 assinaturas.

Ele citou um dado, que me deixou estarrecido.

Em 13 anos de governo petista, foram distribuídos R$ 15 bilhões em incentivos, preferencialmente a nomes famosos da música, do teatro e do cinema, como Cláudia Leite e Chico Buarque.

Mas o coral Meninas Cantoras de Petrópolis, depois de 40 anos, encerrou as atividades por falta de patrocínio.

“Sobrevivemos 40 anos sem nenhum apoio governamental, político ou empresarial. Eu e os pais mantivemos esse coro por 40 anos, com os meus dez dedos e a minha garganta”, lamentou o maestro.

mai 24

Por favor, não existe mais direita e esquerda. O que existe é uma imensa picaretagem, sem lado nem ideologia. Parem de ser ingênuos nessa discussão inútil.

Posts mais antigos «