As informações obtida apontam que, em números absolutos, a região Sudeste foi a mais afetada, com 2882 bolsas canceladas. USP teve 420 benefícios suspensos. Como a maioria dos órgãos de pesquisa e o maior número de bolsas estão no Sudeste, o impacto foi menor na região, onde os cancelamentos representaram 6% do total.