set 16 2019

Bolsonaro pode voltar para Brasília ainda hoje, mas só reassume na quarta-feira

O vice Hamilton Mourão permanecerá como presidente em exercício até quarta-feira (18), segundo o Palácio do Planalto.
A viagem do presidente para Nova York, onde ocorrerá assembleia-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), foi adiada em um dia: em vez de ocorrer em 22, será no dia 23.
Segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, a mudança na data da viagem não altera a participação de Bolsonaro no evento.

Veja a íntegra da nota:

Leia mais »

set 16 2019

Mudanças para obter a Carteira Nacional de Habilitação começam hoje

Resultado de imagem para cnh

O número de aulas para tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vai ser reduzido a partir de hoje,

A mudança determinada pelo governo federal em junho passado também altera o processo para obter a ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotor), documento exigido para guiar cinquentinhas, como são conhecidos os ciclomotores com motor de até 50 cm³.

Pelas novas regras, a CNH, categoria B, carros, deixa de exigir o uso do simulador nas autoescolas.  Fazer aulas no aparelho passa a ser facultativo;

Com isso, cai o número de horas/aulas obrigatórias. Ele passará de 25 para 20 horas. É a mesma carga-horária de antes de o simulador ter sido adotado.

Leia mais »

set 16 2019

Especialistas preveem que PIB deve crescer 0,87% no Brasil este ano

A previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi mantida em 0,87% em 2019.

Analistas financeiros consultados semanalmente pelo Banco Central mantiveram esta semana a mesma previsão da semana passada.

A estimativa do crescimento do PIB para 2020 caiu de 2,07% para 2%.

Para 2021 e 2022 não houve alteração nas estimativas: 2,50%.

 

DÓLAR

A previsão para a cotação do dólar ao fim deste ano subiu de R$ 3,87 para R$ 3,90. Em 2020, o dólar poderá estar em R$ 3,90.

Na verdade, neste momento o dólar estará sob grande impacto da crise internacional gerada pelo bombardeio ocorrido na Arábia Saudita, abalando o mercado de petróleo.

set 16 2019

Prevista inflação de 3,45% para este ano

De acordo com as previsões do mercado financeiro, a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar em 3,45%, em 2019.

Esta foi a sexta redução consecutiva na estimativa, que na semana passada estava em 3,54%.

Para 2020, a estimativa também foi reduzida, ao passar de 3,82% para 3,80%, na segunda revisão consecutiva.

A previsão para os anos seguintes não teve alterações: 3,75%, em 2021, e 3,50%, em 2022.

A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

(AGÊNCIA BRASIL)

 

set 16 2019

Taxa de juros pode cair para 5,5% ao ano esta semana

O mercado financeiro espera que a taxa básica de juros, a Selic, seja reduzida em 0,5 ponto percentual, dos atuais 6% ao ano para 5,5% ao ano, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), marcada para esta terça e quarta-feira (18), em Brasília.

A expectativa consta da pesquisa semanal do BC feita junto a instituições financeiras e divulgada no Boletim Focus. Nunca os juros oficiais estiveram tão baixos no Brasil, mas os efeitos desta queda chegam timidamente ao consumidor final.

Para o mercado financeiro, a Selic voltará a ser reduzida em 0,5 ponto percentual em outubro e permanecerá em 5% ao ano na última reunião do ano marcada para dezembro.

O mercado também não espera por alteração na Selic em 2020. A expectativa, que na semana passada a Selic estaria em 5,25% ao ano no fim de 2020, agora é 5% ao ano. Para 2021, a expectativa é que a Selic volte a subir e encerre o período em 7% ao ano.

A taxa básica de juros é usada no controle da inflação, que está abaixo da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para 2019 e 2020.

Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Comitê de Política Monetária aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. (AGÊNCIA BRASIL)

set 16 2019

CPI NO DF TENTA DISCUTIR CAUSAS DO FEMINICÍDIO

Nos nove primeiros meses do ano, o Distrito Federal registrou mais de 20 casos de feminicídio, número próximo aos 29 registrados ao longo de 2018, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública.

Para fazer frente ao problema, será instalada na Câmara Legislativa uma comissão parlamentar de inquérito, a CPI do Feminicídio.

Proposta pelos deputados Fábio Felix (PSol) e Arlete Sampaio (PT), a iniciativa conta com a adesão de 19 parlamentares.

A CPI tem, entre suas finalidades, investigar os recentes casos de feminicídio no DF e identificar falhas nas políticas públicas de prevenção e acolhimento às mulheres.

Conforme prevê o regimento interno, o trabalho terá duração de 180 dias, prorrogáveis por igual período, com cinco membros na comissão.

Para o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa, deputado Fábio Felix, a medida se faz urgente diante da necessidade de produzir respostas para este grave problema: “É necessário dar transparência aos dados e avaliar as políticas públicas hoje em curso, além de definir estratégias para o fortalecimento da rede de proteção”.

“É preciso qualificar as políticas públicas. A CPI vai dar visibilidade ao tema e, consequentemente, cobrará do governo ações concretas para combater o feminicídio”, destaca Arlete Sampaio.

A verdade é que não surgem esclarecimentos técnicos sobre essas ocorrências de feminicídios.

Alguns alegam que antes as ocorrências eram registradas como assassinatos comuns.

Outros alegam que a divulgação de casos dramáticos incentivam o surgimento de novos crimes. Vale discutir tudo isso.

 

set 16 2019

Agenda de Bolsonaro na ONU em Nova York fica mais curta

A agenda do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Assembleia da ONU (Organização das Nações Unidas), na semana que vem, em Nova York, foi encurtada. Agora, encontros bilaterais que estavam previstos não acontecerão mais.

As informações são do jornalista Lauro Jardim, e foram publicadas em sua coluna no jornal O Globo.

A nova programação de Bolsonaro prevê que ele chegue ao hotel Intercontinental, na próxima segunda-feira (23), quando está marcado um “jantar privado”. Anteriormente, a previsão era que o presidente desembarcasse no domingo.

Na terça-feira (24), Bolsonaro deve se encontrar com o secretário-geral da ONU, António Guterres. Em seguida, faz o discurso de abertura da Assembleia Geral e acompanha a fala do presidente dos EUA, Donald Trump, na cerimônia. Leia mais »

set 16 2019

Vaso sanitário de ouro é roubado na Inglaterra

Imagem relacionada

O vaso sanitário de ouro, na realidade a obra de arte assinada pelo artista italiano Maurizio Cattelan no valor de US$ 5 milhões(equivalente a cerca de R$ 20 milhões) foi surpreendentemente roubado do Palácio de Blenheim, local onde nasceu o presidente britãnico Winston Churchill, em Woodstock, na Inglaterra.

A notícia foi divulgada pelo próprio palácio por meio do Twitter neste sábado. América, título da obra de arte, estava em exibição no Palácio. A segurança do palácio já foi reforçada.

Segundo divulgou o jornal CNN, o vaso foi roubado por volta das das 5 horas e os ladrões, como arrancaram a peça que funcionava normalmente,  provocaram um alagamento no palácio. Embora a polícia não tenha recuperado o item, um homem de 63 anos foi preso de 63 anos foi preso.

O vaso ainda não foi recuperado.

Com informações de CV

Foto: Vírgula

set 16 2019

EUA estão prontos para responder a ataque contra Arábia Saudita

O presidente americano, Donald Trump, disse ontem (15) que os Estados Unidos estão preparados para responder ao ataque contra infraestruturas petroleiras na Arábia Saudita, que Washington atribui ao Irã, enquanto os preços do petróleo dispararam no mercado asiático.

É a primeira vez que o presidente americano menciona uma resposta em potencial ao ataque de sábado, que obrigou o reino a reduzir sua produção de petróleo pela metade.

Na abertura dos mercados asiáticos nesta segunda-feira, o petróleo registrou alta de mais de 0%, enquanto Riad tenta retomar as operações nas unidades afetadas pelo ataque.

“O fornecimento de petróleo da Arábia Saudita foi atacado. Há motivos para acreditar que conhecemos o culpado”, escreveu Trump em sua conta no Twitter, acrescentando que os Estados Unidos estão prontos para atacar, “dependendo da verificação”, pois esperam conhecer a versão saudita para determinar como proceder.

Leia mais »

set 16 2019

Receita Federal libera pagamento do IR 2019

A Receita Federal libera hoje (16) o pagamento do quarto lote de restituição do Imposto de Renda 2019.

O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, no valor total de R$3,5 bilhões. Segundo a Receita Federal, o dinheiro será depositado nas contas dos contribuintes.

O lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. A consulta para saber se a declaração foi liberada poderá ser feita acessando a página da Receita na internet, pelo Receitafone 146, informando o CPF e a data de nascimento.

Se o valor não foi creditado, o contribuinte deve ligar nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) ou ir a uma agência do Banco do Brasil para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Leia mais »

set 16 2019

Mega-sena acumula e deve ir para R$ 120 milhões

Resultado de imagem para mega-sena

As seis dezenas do Concurso 2.188 da Mega-Sena, sorteadas no sábado (14)  não teve vencedores. O prêmio para o próximo concurso, que será sorteado na quarta-feira (18), está estimado em R$ 120 milhões.

Os números sorteados foram 2 – 17- 21 – 28- 51- 60

A quina teve 154 ganhadores que vão receber, cada um, R$ 47.474,72. Fizeram quatro pontos 13.387 apostadores, que receberão o prêmio individual de R$ 780,19. Leia mais »

set 15 2019

FELIZ NATAL NA ECONOMIA – NÃO É FALSA PROMESSA, NÃO!

É preciso fazer uma leitura não ideológica da economia brasileira neste momento.

Há recuperação de forma surpreendente, mesmo antes da demorada aprovação da Reforma da Previdência. Escrevo isso desde janeiro – e como tomo porrada!

Não adianta falar que Bolsonaro não merece isso. Nós merecemos!

Os analistas econômicos diziam que a Bolsa de Valores poderia chegar a 100 mil pontos se a Reforma passasse. Antes disso, já atingiu 106 mil pontos. Oscilando, está hoje com 104 mil pontos.

Sabotadores criminosos informaram que o Brasil tinha entrado em recessão técnica, depois de dois trimestres seguidos de queda do PIB. Era mentira! O PIB caiu 0,1% no primeiro trimestre e cresceu 0,4% no segundo.

A perspectiva do PIB no segundo semestre é sempre melhor, entre outras coisas pelo impacto das compras de fim de ano.

O que deve melhorar mais ainda é a questão do desemprego, cuja taxa já fez a surpresa de cair para 11,8%. Vêm aí as contratações natalinas, entre outros fatores positivos.

Temos inflação abaixo de 4% este ano e nos próximos anos, segundo todos os analistas. Isto é fantástico e humilha a maioria dos países, que sofrem com este mal.

Nossas reservas externas têm crescido e chegam a US$ 385 bilhões. Você sabia que o Brasil oscila entre o sexto e o sétimo país do mundo que tem maior reserva internacional?

O Risco-Brasil, que desabou em 2016 e chegou a 600 pontos negativos, caiu agora para 119 pontos. Grande resultado obtido esta semana.

Com Risco-Brasil em nível de 2013, o Brasil tem tudo para recuperar o Grau de Investimento, retirado pelas principais agências de avaliação da nossa economia. Se isso acontecer, vai chover dólar na nossa horta.

Não esqueça que esta avaliação internacional vai melhorar muito em outubro, quando a Reforma da Previdência passar totalmente no péssimo Congresso Nacional.

Mudanças tão graves na legislação são feitas no Brasil democrático sem nenhuma morte. Nem mesmo um tirinho de pistola (faz arminha, por favor). O povo quer ver um Brasil melhor.

Por falar nisso, o Índice de Confiança do empresariado, medido pela Confederação Nacional da Indústria, vem melhorando muito ao longo do ano. Quem tem dinheiro começa a acreditar que vale a pena investir. Brazil is good!

O dólar preocupa, pela crise China x EUA, mas vem sendo mantido perto dos R$ 4,00, graças a operações diárias do Banco Central.

Por falar nisso, o BC faz esta semana nova avaliação da taxa de juros oficial, a Selic, que até o fim do ano poderá estar bem perto dos 5%. Nunca esteve tão baixa. Nível de Primeiro Mundo. Um dia isso vai se refletir nos juros ao consumidor.

Temos grande preocupação com a dívida pública e com o déficit orçamentário previsto para R$ 139 bilhões este ano. Preparem-se, pois a postura dura do governo deve apresentar surpresa nesta área.

Tenham certeza de que o déficit ficará em valor bem menor do que o previsto. Vão dizer que isso acontece por causa dos cortes nas universidades.

O PIB da agricultura, do comércio e dos serviços gera resultados otimistas este ano.

Mas a indústria tem queda nos últimos meses e terá resultado frustrante em 2019. Muitas causas! Há algumas conhecidas, como a crise da Argentina, a tragédia da Vale e as incertezas da Petrobras.

O certo é que a recuperação da indústria será a resposta mais lenta nesta recuperação da economia brasileira.

A balança comercial tem perspectiva de queda acima de 10% este ano, mas ainda assim apresentará superávit que desperta inveja e ciúme em muitos países (a França trabalha com déficit na balança comercial).

Teremos uma safra fantástica, com o setor agropecuário mais uma vez arrastando o Brasil como se fosse a nossa locomotiva.

Mas o certo é que a administração mais rígida na estrutura governamental está oferecendo respostas de forma mais rápida do que se esperava. Devem estar roubando muito menos.

Não se admire se, realmente, o Brasil tiver um Feliz Natal em 2019.

Este deveria ser o discurso do Presidente Bolsonaro na abertura da sessão da ONU, no próximo dia 22.

Sobre os incêndios na Amazônia, deveria apenas dizer: “Agora estamos preocupados com as enchentes. Os nossos rios têm água demais”.

(RENATO RIELLA)

set 15 2019

VOCÊ CONHECE ALGUM TRANS-SEXUAL? É MAIS RARO DO QUE ENTERRO DE ANÃO

A questão dos costumes não pode sufocar nossas convicções. Os espertalhões não podem nos fazer de bobos. Não podem nos impor temas que não são nossos.

Vejam vocês a questão trans. Não tenho nada contra. Sou a favor de tudo que não me atinja.

Registro, no entanto, que vivo hoje cercado por esta discussão, que nunca se atravessou na minha vida real.

Em mais de 50 anos de vida pública (e vida familiar), convivendo com milhares de pessoas, nunca conheci nem precisei defender nenhum trans-sexual.

Não confundir com gay, espécie humana que me acompanhou durante toda a vida, sem discriminação e sem direitos especiais. Gay é uma pessoa comum, igual a qualquer outra que tem direitos e deveres.

Você, mesmo, que está lendo este texto, conhece quantos trans-sexuais?

Já trabalhou com algum? Tem algum na família? Etc.

E por que o tema domina hoje a nossa vida?

Onde querem chegar os politicamente corretos que protegem os invisíveis trans-sexuais, e que esquecem as crianças de rua ou as vítimas do crack? Alguém está ganhando com isso.

De alguma forma, alguém está faturando com a moda trans – e não somos nós, pobres trabalhadores, que nem temos moda.

E se algum dos meus amigos for trans-sexual, porque nunca me disse?

Talvez porque não fosse importante nem necessário.

Afinal, esse amigo era muito mais do que isso: um ser humano cercado do amor universal.

(RENATO RIELLA)

set 13 2019

UNIVERSIDADE PÚBLICA BRASILEIRA FRACASSA VERGONHOSAMENTE NO RANKING MUNDIAL

As universidades públicas brasileiras, tão revoltadas quando cobradas pelo Governo Federal, são uma vergonha.

Ocupam as últimas posições no ranking mundial, segundo a instituição Times Higher Education, reconhecida internacionalmente por fazer esse tipo de avaliação.

A Universidade de São Paulo (USP), melhor classificada entre as universidades do Brasil, está posicionada no bloco entre o 251º e 300º lugar.

Isso mesmo: há pelo menos 250 universidades no mundo à frente da USP, que ainda é a melhorzinha do nosso país.

A segunda é a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), também fracassada, que aparece bem mais abaixo, no grupo de 501º a 600º do ranking.

E a nossa Universidade de Brasília (UnB) nos assusta, ao aparecer abaixo de outras 800 universidades classificadas no mundo.

Isto mesmo: no mundo, há mais de 800 universidades melhores do que a UnB, inclusive em países pobres e de Terceiro Mundo. Péssimo, horrível, inexplicável!

No ranking que considera mais de 1,3 mil universidades de 92 países, a líder é a Universidade de Oxford, na Inglaterra, pelo quarto ano consecutivo.

Não é falta de dinheiro. É falta de projeto.

Quando o Governo Federal alega que a balbúrdia domina a universidade pública brasileira, muitas vozes se revoltam.

Mas quando surge um ranking tão tenebroso, os seres inteligentes e geniais do mundo acadêmico não vêm a público discutir o escândalo de uma universidade fracassada, que abrange todo o Brasil.

É preciso um choque no setor. Chega de administrações ruins. Reitores são eleitos por viciados alunos, servidores e professores, que não ficam indignados com o péssimo resultado.

Não adianta culpar o governo, nem a falta de verbas. O problema vem de anos e anos, com decadência cada vez maior.

 

UNIVERSIDADES BRASILEIRAS NO RANKING MUNDIAL

Posição Universidade
251–300 Universidade de São Paulo (USP)
501–600 Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
601–800 Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
601–800 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
601–800 Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
601–800 Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
601–800 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)
801–1000 Universidade de Brasília (UnB)
801–1000 Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
801–1000 Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
801–1000 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
801–1000 Universidade Estadual Paulista (UNESP)
1001+ Universidade de Caxias do Sul (UCS)
1001+ Universidade Estadual do Ceará (Uece)
1001+ Universidade Federal do ABC (UFABC)
1001+ Universidade Federal de Alagoas
1001+ Universidade Federal da Bahia

set 13 2019

ARTIGO: Quem domina a Amazônia

ANDRÉ GUSTAVO STUMPF

Os incêndios que lavram na Amazônia despertaram enorme curiosidade sobre como manter a enorme área de floresta tropical existente no norte do Brasil.

Europeus e americanos de diversos pontos dão palpites, insinuam alguma interferência e colocam os militares nacionais em pé de guerra. É uma discussão sem vencedores porque cada um defende sua posição a partir de um ponto de vista específico.

Missões religiosas pretendem catequizar índios, fazê-los caminhar sob o guarda-chuva da igreja e ensiná-los a falar e ler algum idioma, que pode ser francês, inglês, alemão ou mesmo português. Leia mais »

set 13 2019

Fogo atinge Parque Ecológico de Águas Claras

Bombeiros atuam em incêndio florestal no Parque Ecológico de Águas Claras, no DF — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O fogo tomou conta do Parque Ecológico de Águas Claras, região administrativa de Brasília, localizada a 22 quilômetros do Palácio do Planalto.

O parque, muito utilizado pelos moradores da região, está com sua vegetação completamente seca, o que acelerou a propagação do fogo iniciado por volta das 11 horas da manhã.

O fogo assustou moradores de prédios vizinhos ao parque, que registraram imagens de grandes labaredas que avançaram ao lado da calçada.

Ontem (12), a Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil do Distrito Federal voltou a declarar estado de emergência no Distrito Federal, após dois dias consecutivos com registro de umidade relativa do ar abaixo de 12%.

Leia mais »

set 13 2019

VEJAM PORQUE MACRON DETESTA O BRASIL

 

O Presidente Macron tem motivo para bombardear o Brasil.

A França, considerada a sexta economia do mundo, teve balança comercial negativa em julho passado.

No saldo entre importações e exportações, perdeu US$ 5,6 bilhões, agravando a crise econômica do país do Macron.

No mesmo mês, julho/2019, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,2 bilhões.

Vale registrar, de forma aberta e honesta, que as nossas exportações este ano estão cerca de 14% menores do que as do ano passado.

Os problemas da nossa indústria, principalmente, estão prejudicando nosso desempenho.

Mesmo assim dá para humilhar Monsieur Macron.

(RENATO RIELLA)

set 13 2019

“Prévia” do PIB cai 0,16% em julho; em um ano, alta é de 1,31%

O nível de atividade da economia brasileira registrou queda em julho, primeiro mês do terceiro trimestre, indicou hoje (13) o Banco Central (BC).

O chamado Índice de Atividade Econômica do BC (IBC-Br), considerado uma “prévia” do PIB, apresentou um retração de 0,16% em julho, na comparação com o mês anterior.

O resultado foi calculado após ajuste sazonal (uma espécie de “compensação” para comparar períodos diferentes).

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

O resultado de julho veio após dois meses de alta.

Em maio e junho, respectivamente, o indicador apresentou crescimento de 1,16% e de 0,34%. Em sete meses deste ano, foram registradas apenas duas altas na prévia do PIB.

Leia mais »

set 13 2019

Bolsonaro fica afastado do cargo de presidente por mais quatro dias

O presidente Jair Bolsonaro seguirá afastado do cargo por mais quatro dias, por decisão da equipe médica da Presidência da República, para um maior tempo de descanso, apesar da evolução positiva de sua recuperação, informou o porta-voz, general Otávio Rêgo Barros, em comunicado.

“A recuperação do senhor presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, evolui positivamente. Entretanto, a equipe médica da Presidência da República decidiu mantê-lo afastado do exercício da função de chefe do Poder Executivo, por mais quatro dias, a contar de 13 de setembro de 2019, com a finalidade de proporcionar maior tempo de descanso.”

Mais cedo, o porta-voz já havia levantado a possibilidade de extensão do período de afastamento. A previsão inicial era que Bolsonaro reassumisse o cargo hoje. Leia mais »

set 13 2019

Clientes da Caixa recebem FGTS a partir de hoje

Os recursos dFGTS começam a ser liberados aos trabalhadores a partir de hoje (13). O pagamento será limitado a R$ 500 por conta. A distribuição do dinheiro do fundo de garantia foi dividida em etapas, na tentativa de evitar uma corrida às agências bancárias.

Recebem os recursos os trabalhadores que têm Conta Poupança na Caixa Econômica Federal e que nasceram em janeiro, fevereiro, março ou abril. Depois, a partir de 27 de setembro, o pagamento será feito aos nascidos em maio, junho, julho e agosto. Em seguida, no dia 9 de outubro, recebe o dinheiro quem nasceu em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Em todos os casos, para os correntistas da Caixa, haverá o depósito automático do dinheiro.

O vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias do banco, Paulo Angelo, explica que o trabalhador que quiser receber o dinheiro na conta precisa aderir ao programa de liberação. Ele e outros dirigentes participaram nesta quinta-feira (12) de uma transmissão ao vivo pelo Facebook e tiraram dúvidas sobre o pagamento do FGTS. Leia mais »

set 13 2019

Distrital promove audiência pública e discute problemas de Águas Claras

Os problemas de Águas Claras serão debatidos na quarta-feira (18) em uma audiência pública promovida pela deputada Júlia Lucy (Novo).

O encontro será no Colégio La Salle Águas Claras, na quadra 301 AE S/N a partir das 19 horas.

Por meio de suas redes sociais, Júlia Lucy chamou a população a apontar os principais problemas da região.

As dificuldade com transporte público foi apontada por praticamente todos os seguidores que se manifestaram.

Leia mais »

set 13 2019

Incêndio em hospital particular no Rio deixa 11 mortos

Resultado de imagem para hospital badim

A direção do Hospital Badim, parcialmente destruído em um incêndio na noite desta ontem (12), afirmou às 7h de hoje(13) que os bombeiros encerraram no fim da madrugada as buscas por mortos.

Onze corpos – todos de pacientes, segundo a unidade – foram retirados durante varreduras. Até as 7h50, duas vítimas foram identificadas, duas mulheres, de 84 e 88 anos..

  • 11 pacientes morreram após o incêndio de grandes proporções no Hospital Badim;
  • O fogo começou por volta das 18h30, e a fumaça se espalhou; a suspeita é que chamas começaram após um curto-circuito em um gerador;
  • 103 pessoas estavam internadas na unidade no momento do incêndio;
  • 224 funcionários trabalhavam no turno quando as chamas começaram – nenhum deles morreu, segundo o hospital;
  • Unidade foi esvaziada, e pacientes foram levados para ruas próximas, onde ficaram em macas;
  • Mais de 10 pacientes foram encaminhados para outros hospitais particulares.

Leia mais »

set 13 2019

Vacinação antirrábica urbana começa amanhã

Resultado de imagem para vacinação de cães

A primeira etapa urbana da campanha antirrábica de 2019 será aberta, amanhã (14), para imunizar cães e gatos de 17 regiões administrativas do Distrito Federal. Serão 219 unidades de vacinação funcionando das 9h às 17h.

Os locais onde haverá aplicação da vacina antirrábica são Asa Norte, Cruzeiro, Fercal, Guará, Jardim Botânico, Itapoã, Lago Norte, Lago Sul, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Park Way, Planaltina, São Sebastião, Sobradinho, Sudoeste/Octogonal, Varjão e Vicente Pires.

“A meta, nesta primeira etapa urbana, é vacinar 135.338 animais”, informa o gerente da Vigilância Ambiental de Zoonoses, Jadir Costa Filho. “É importante a população levar cães e gatos a partir dos três meses de vida. Cadelas e gatas gestantes ou que estejam amamentando também devem ser vacinadas.”

A segunda etapa urbana da campanha antirrábica ocorrerá no dia 21. Os locais atendidos serão Brazlândia, Ceilândia, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Samambaia, Santa Maria, Taguatinga, Estrutural e Águas Claras.

set 13 2019

AUMENTA ÍNDICE DE CONFIANÇA DO EMPRESARIADO

O Índice de Confiança do empresariado brasileiro, medido pela Confederação Nacional da Indústria, vem crescendo – e já atingiu 60 pontos.

Como termo de comparação, o mais baixo Índice ocorreu em agosto de 2015, quando chegou a 37 pontos, no segundo Governo Dilma.

A confiança na economia brasileira aumenta, mesmo sabendo-se que o desempenho da indústria no primeiro semestre não foi bom, com queda do PIB em diversos segmentos industriais.

O empresariado começa a perceber que o Brasil está escapando da crise e os investimentos voltam a acontecer.

Você não consegue ler nada parecido na imprensa tradicional, que rompeu com o Brasil.

Vale registrar, também, que o Risco-Brasil, que chegou a 569 pontos negativos em fevereiro de 2016, neste mês de setembro caiu para 234 pontos.

Breve o Brasil retoma o grau de investimento na avaliação dos principais institutos internacionais, até mesmo porque as reservas internacionais passaram de 380 bilhões de dólares, o que amplia a confiança externa.

(RENATO RIELLA)

set 12 2019

Dodge pede que STF que fique ‘alerta’ a sinais contra democracia

A procuradora-geral da RepúblicaRaquel Dodge, pediu hoje (12) que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) fiquem “atentos” a sinais contrários à democracia liberal. O discurso foi feito na última sessão da qual Dodge participou no tribunal como representante do Ministério Público.

“Faço um alerta para que fiquem atentos a todos os sinais de pressão sobre a democracia liberal, uma vez que no Brasil e no mundo surgem vozes contrárias ao regime de leis, ao respeito aos direitos fundamentais e ao meio ambiente sadio também para as futuras gerações”, disse Dodge aos ministros.

No início da sessão, o presidente do Supremo, Dias Toffoli, fez um discurso de homenagem a Raquel Dodge. O decano do STF, ministro com mais tempo de atuação no tribunal, Celso de Mello, também elogiou a procuradora.

O mandato dela na Procuradoria-Geral da República (PGR) termina na próxima terça-feira (17).

O presidente Jair Bolsonaro indicou para o lugar dela o subprocurador-geral da República Augusto Aras, que ainda terá que ser sabatinado e ter o nome aprovado no Senado.

Leia mais »

set 12 2019

CPI de Brumadinho pede indiciamento de diretores da Vale por homicídio

Resultado de imagem para brumadinho

O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais que apura o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho pede o indiciamento do presidente da mineradora à época da tragédia, Fábio Schvartsman.

Pedido também o indiciamento da diretoria da multinacional brasileira por homicídio com dolo eventual, em que se assume o risco de matar, por 270 vezes, número de mortos e desaparecidos do desastre, ocorrido em 25 de janeiro de 2019.

O texto foi aprovado por unanimidade.

O relatório afirma que a Vale sabia que a barragem operava com fator de segurança abaixo do previsto pelas normas internacionais do setor. Conforme a CPI, o fator de segurança da barragem era de 1.09, enquanto o mínimo admitido era de 1.30. Leia mais »

set 12 2019

Deputado estadual oferece R$ 10 mil a quem matar assassino no Espírito Santo

O deputado estadual Capitão Assumção (PSL) ofereceu R$ 10 mil para quem matar o criminoso que, ontem (11), assassinou uma mulher em frente à filha de quatro anos, em Cariacica.

O parlamentar, que é capitão aposentado da Polícia Militar, deu a declaração no plenário da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, no mesmo dia do crime.

Especialistas dizem que o discurso pode ser considerado crime e extrapola a imunidade parlamentar, além de ferir o estado democrático de direito.

“R$ 10 mil do meu bolso para quem mandar matar esse vagabundo. Isso, não merece estar vivo não. Eu tiro do meu bolso para quem matar esse vagabundo aí”, afirmou Assumção no plenário da Casa.

“Não vale dar onde ele está localizado. Tem que entregar o cara morto, aí eu pago. Porque vagabundo, vagabundo, que tira a vida de inocente vai lá usar o sistema para ser beneficiado?”

Leia mais »

set 12 2019

Bolsonaro deve reassumir a presidência da República amanhã

O Hospital Vila Nova Star divulgou hoje (12) mais uma atualização do estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com a nota, Bolsonaro segue “sem dor, afebril e com recuperação progressiva dos movimentos intestinais”.

Quatro dias após o procedimento para corrigir uma hérnia incisional, a ferida operatória no abdômen de Bolsonaro apresenta bom aspecto. As visitas, porém, continuam restritas.

Leia mais »

set 12 2019

Caixa inicia amanhã pagamento de FGTS

Os primeiros a receber até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terão os valores depositados amanhã (13).

A Caixa Econômica Federal vai iniciar o depósito automático para quem tem conta poupança no banco, seguindo calendário de mês de nascimento.

Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebe primeiro. Os próximos a ter acesso ao saque serão os nascidos em maio, junho, julho e agosto, no dia 27 deste mês. Em seguida, no dia 9 de outubro, recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.

Leia mais »

set 12 2019

Setor de serviços cresce 0,8% em julho

O volume do setor de serviços cresceu 0,8% em julho, na comparação com o mês anterior, eliminando as perdas de junho, segundo divulgou hoje (12) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

É a terceira alta no ano, da melhor taxa desde dezembro e do melhor resultado para meses de julho desde 2011, quando também houve avanço de 0,8%.

Na comparação com junho do ano passado, a alta foi de 1,8% – quarta taxa positiva do ano.

Apesar do resultado positivo, o IBGE destacou que o setor ainda se encontra 1,2% abaixo do patamar de dezembro do ano passado e 11,8% abaixo do seu pico, registrado em novembro de 2014.

O IBGE revisou os dois resultados anteriores. Em junho, a queda foi de 0,7%, menor que o recuo de 1% divulgado anteriormente. Já o resultado de maio foi revisado para uma alta de 0,2%, e não de 0,1%.

Leia mais »

set 12 2019

Carlos Bolsonaro é investigado por suspeita de ter mantido funcionários ‘fantasmas’

Após as denúncias de supostas irregularidades no escritório do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), enquanto Fabrício Queiroz era seu assessor, o outro filho de Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC) está sendo investigado em dois procedimentos do Ministério Público do Rio (MP-RJ) por suspeitas de ter mantido funcionários “fantasmas” em seu gabinete na Câmara Municipal.

As investigações, que estão sob sigilo e foram reveladas pela revista Época, correm em duas esferas: a criminal, que está nas mãos do procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, com auxílio do Grupo de Atribuição Originária Criminal (Gaocrim); e a cível, na qual se verifica se houve improbidade administrativa.

As investigações contra Flávio, que apuram as práticas de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, estão suspensas por terem usado informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sem autorização judicial prévia.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu provisoriamente todos os casos enquadrados nesse perfil. Leia mais »

set 11 2019

Secretário da Receita, Marcos Cintra, é exonerado

O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, foi exonerado do cargo hoje (11). A informação foi confirmada ao blog pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

 Ministério da Economia divulgou nota sobre. Leia a íntegra:

“O Ministério da Economia comunica o pedido de exoneração do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra. Esclarece ainda que não há um projeto de reforma tributária finalizado. A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento. A proposta somente será divulgada depois do aval do ministro Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro. O ministro Paulo Guedes agradece ao secretário Marcos Cintra pelos serviços prestados. O auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto assume interinamente o cargo.

set 11 2019

Brasil tem 1,4 milhão de casos de dengue neste ano; aumento de 600%

Resultado de imagem para Aedes aegypti

O número de casos ddengue no Brasil aumentou em 599,5% neste ano. De acordo com dados do Ministério da Saúde divulgados hoje (11), até o dia 24 de agosto, mais de 1,4 milhão (1.439.471) de casos da doença foram registrados em todo o país, uma média de 6.074  por dia. No ano passado, o período possuía 205.791 notificações.

Entre os estados com mais casos registrados, Minas Gerais lidera a lista, com 471.165 ocorrências em 2019 contra 23.290 no mesmo período do ano passado.

Em segundo lugar aparece São Paulo, com 437.047 casos, tornando-se o estado em que a incidência da doença mais cresceu (3.712%) no intervalo de análise. Em 2018, foram reportados 11.465 quadros de dengue no local.

Leia mais »

set 11 2019

Distrito Federal completa 100 dias sem chuva

Resultado de imagem para seca no df

O Distrito Federal completa 100 dias sem chuva hoje (11), uma semana após a Defesa Civil declarar estado de emergência na região por causa da baixa umidade. A última chuva ocorreu em 4 de junho.

Na série histórica, este é o segundo período mais longo, dos últimos cinco anos, em que o DF ficou sem chuva (veja números abaixo). A medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) considera que 2017 bateu 131 dias consecutivos sem uma gota de água.

Veja abaixo:

2014 – 65 dias consecutivos sem chuva; 2015 – 60 dias; 2016 – 97 dias; 2017: 131 dias; 2018: 79 dias

Para os especialistas, a seca é comum para o período e deve durar até a segunda quinzena deste mês. A previsão é de que a chuva caia sobre a capital na próxima semana, e com mais intensidade a partir de outubro. Leia mais »

set 11 2019

Bolsonaro se alimenta por sonda nasogástrica

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi submetido a passagem de sonda nasogástrica e dieta oral foi suspensa, afirmou na manhã de hoje (11) o boletim médico do Hospital Vila Nova Star.

Bolsonaro está internado no centro médico desde domingo (8), quando foi submetido a uma cirurgia para correção de uma hérnia.

Na segunda-feira, a dieta de Bolsonaro passou a ser líquida. Segundo a equipe médica, a previsão inicial era que ele passasse a consumir alimentos sólidos entre terça e quarta, mas um exame de raio-x mostrou que o presidente estava com muito ar no estômago e no intestino. Por isso, a dieta oral foi suspensa.

Leia mais »

set 11 2019

IBGE: Vendas do comércio crescem 1% em julho

Imagem relacionada

As vendas do comércio varejista ganharam ritmo em julho e cresceram 1%, na comparação com o mês anterior, segundo dados divulgados hoje (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já na comparação com julho do ano passado, a alta foi de 4,3%.

Trata-se da terceira alta seguida, do melhor resultado mensal desde novembro do ano passado (3,2%) e do melhor julho desde 2013, quando o avanço frente ao mês imediatamente anterior foi de 2,7%.

No acumulado em 2019, a alta chega a 1,2%. Em 12 meses, o avanço nas vendas do varejo é de 1,6%, o que representa um ganho de ritmo ante junho (1,2%) e frente aos meses anteriores.

O IBGE revisou para cima os dois resultados anteriores. Em junho, ao invés de 0,1%, a alta foi de 0,5%, e em maio, foi de 0,1%, ao contrário da estabilidade (0,0%) divulgada antes.

Leia mais »

set 11 2019

Superintendente do Ibama no Pará é exonerado; ficou uma semana no cargo

Uma semana após assumir o posto de novo superintendente regional do Ibama no Pará, o coronel da Polícia Militar Evandro Cunha dos Santos foi exonerado ontem (10). A demissão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje.

Ontem, durante audiência pública realizada em Altamira, ao lado do secretário de regularização fundiária do Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia, o superintendente regional do Ibama criticou abertamente as operações feitas pelos fiscais do Ibama que, em casos excepcionais, incendeiam maquinários de criminosos.

Evandro Cunha dos Santos disse que é “um homem de Deus e que homem de Deus não gosta de fogo”. O PM afirmou que “quem gosta de fogo é satanás”. E prosseguiu: “Fiquem certos que isso vai cessar. Nós vamos trabalhar diuturnamente para acabar com essa problemática de estarem danificando patrimônio alheio.” Leia mais »

set 11 2019

Brasil registra mais de 180 estupros por dia em 2018

Resultado de imagem para não a violencia infantil

O Brasil registrou 66.041 casos de violência sexual em 2018, o que representa uma média de mais de 180 estupros por dia, número mais alto desde 2009, quando houve a mudança na tipificação do crime no Código Penal brasileiro.

Os dados fazem parte do 13º Anuário de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgado ontem (10).

Entre as vítimas, 63,8% tinham até 14 anos – idade em que a pessoa é considerada juridicamente incapaz de consentir uma relação sexual. E mais da metade (54%) eram menores de 13 anos.

De acordo com a publicação, 81,8% das vítimas de estupro são do sexo feminino, e 18,2%, do sexo masculino. Quanto à raça, 50,9% são negras, 48,5% brancas e 0,6% amarelas. Leia mais »

set 11 2019

Funcionários dos Correios entram em greve

Resultado de imagem para carteiros

Os funcionários dos Correios entraram em greve geral por tempo indeterminado. A greve foi decretada na noite de ontem (10) em assembleias realizadas em diferentes estados do país.

A categoria quer impedir a redução dos salários e de benefícios e é contra a privatização da estatal, que foi incluída no mês passado no programa de privatizações do governo Bolsonaro.

O reajuste salarial de 0,8% é um dos principais pontos reclamados pela categoria. Eles querem também a reconsideração da retirada de pais e mães do plano de saúde, melhores condições de trabalho e outros benefícios.

“A decisão foi uma exigência para defender os direitos conquistados em anos de lutas, os salários, os empregos, a estatal pública e o sustento da família”, afirmou em nota a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect).

Leia mais »

set 11 2019

Deputados distritais derrubam vetos do GDF

Resultado de imagem para sessão da cldf 2019

Os deputados distritais rejeitaram, na sessão de ontem (10), cinco vetos totais do governador Ibaneis Rocha a projetos de parlamentares. Com isso, os textos serão promulgados pelo chefe do Legislativo local, deputado Rafael Prudente (MDB).

Entre as propostas que haviam sido vetadas está o PL nº 950/2016, do deputado Chico Vigilante (PT). O projeto trata da criação de conselhos de representantes comunitários em cada uma das regiões administrativas do Distrito Federal.

Previstos na Lei Orgânica do DF, esses colegiados terão atribuições consultivas e fiscalizadoras. Segundo o texto, os conselhos serão integrados por, no mínimo, nove representantes, os quais deverão ser indicados por entidades da sociedade civil com sede na região administrativa há, pelo menos, um ano, além de observarem outros critérios. Os integrantes do colegiado terão mandato de dois anos, podendo ser reconduzidos à cadeira por igual período, e não receberão qualquer remuneração pela participação. Leia mais »

set 11 2019

SENADO E CÂMARA CONTINUAM SABOTANDO O BRASIL

Rodrigo Maia e Alcolumbre são maquiavélicos – e não pensam no Brasil.

Os dois, protegidos pela extrema imprensa, empurraram a Reforma da Previdência com suas barrigas gordas e farão o Brasil perder praticamente o ano de 2019.

Tudo indica que Bolsonaro só conseguirá sancionar este importante projeto em novembro, gerando reflexos pequenos no presente exercício de 2019.

Mas um dia sai. Um dia o Congresso resolve isso, pressionado pela opinião pública.

Por mais malandros que sejam, os dois dirigentes do Parlamento não conseguirão impedir o Brasil de evoluir, preparando-se para um novo momento e um grande futuro.

Vale registrar (e até os jornalistas inimigos do Brasil reconhecem isso) que o nosso país foi o único no mundo a debater uma Reforma da Previdência sem vítimas, num clima absurdamente civilizado. Não houve tiros, nem mortos.

Dizem que nossa democracia está ameaçada. Malucos!

Estamos aprovando (com atraso, claro!) uma mudança grave nas regras previdenciárias, de uma forma que gera inveja nas chamadas grandes potências.

O fundamental mesmo é a ampliação da idade. Chega de aposentados com pouco mais de 40 anos. Esta é a meta.

Tudo indica que somos vitoriosos, mas devemos ficar vigilantes, pois Rodrigo Maia e Alcolumbre querem sempre o pior para o Brasil.

(RENATO RIELLA)

set 10 2019

Governo eleva projeção do crescimento da economia para 0,85%

O governo passou a ver uma inflação mais baixa neste ano, e elevou ligeiramente o crescimento esperado para a economia, pontuando que um desempenho mais forte da atividade no quarto trimestre deve compensar uma performance mais fraca para o trimestre atual.

Em seu boletim macrofiscal divulgado hoje (10), a secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia projetou alta do Produto Interno Bruto (PIB) este ano a 0,8%, sobre 0,81% anteriormente.

Contudo, o secretário da pasta, Adolfo Sachsida, informou em coletiva de imprensa que a nova estimativa com duas casas decimais é de 0,85% para o PIB em 2019 –aumento, portanto, em relação ao patamar visto anteriormente.

Já para a inflação medida pelo IPCA, a elevação passou a ser estimada pela SPE em 3,6% para 2019, ante 3,8% antes. Leia mais »

set 10 2019

Hamilton Mourão: “Democracia é fundamental”

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou que as declarações do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) são “problema dele”.

Em contraponto ao filho do presidente Jair Bolsonaro, Mourão defendeu que a democracia é “fundamental” e que é “lógico” que é possível fazer mudanças no País por meio do diálogo com o Congresso.

“Lógico, senão a gente não tinha sido eleito”, disse Mourão ao ser questionado se é possível fazer as mudanças que o governo quer por vias democráticas. “Temos que negociar com a rapaziada do outro lado da Praça (dos Três Poderes). É assim que funciona. Com clareza, determinação e muita paciência”, afirmou. Leia mais »

set 10 2019

Trump demite John Bolton, assessor de segurança nacional

Resultado de imagem para john bolton

O presidente americanoDonald Trump, anunciou hoje (10) a demissão do seu assessor de Segurança Nacional, John Bolton, e destacou ter discordado de muitas das sugestões feitas pelo conselheiro.

“Informei ontem à noite a John Bolton que os seus serviços na Casa Branca não são mais necessários. Tive fortes discordâncias com muitas das suas sugestões, assim como outros no Governo”, afirmou Trump em mensagem no Twitter.

Minutos depois do anúncio de Trump na rede social, Bolton se manifestou, também via Twitter. De acordo com o agora ex-assessor, a renúncia ao cargo foi oferecida na noite de ontem (09) e o presidente americano teria respondido que voltaria a conversar sobre o tema hoje. Leia mais »

set 10 2019

Produtividade no Brasil registra queda de 1,7%

Resultado de imagem para fábrica de parafusos

A produtividade do trabalho no País recuou 1,7% no segundo trimestre de 2019, em comparação com o segundo trimestre de 2018.

Foi o pior resultado desde o primeiro trimestre de 2016, quando a produtividade do trabalho havia recuado 2,2%.

Os cálculos são de um levantamento do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV), obtidos com exclusividade pelo Estadão/Broadcast.

O estudo mostra ainda que houve piora no desempenho da produtividade por hora trabalhada. Houve aceleração no ritmo de queda em relação ao primeiro trimestre de 2019, quando o recuo foi de 1,1%, observou Fernando Veloso, pesquisador do Ibre/FGV. Leia mais »

set 10 2019

Carlos Bolsonaro justifica declaração polêmica e chama jornalistas de “canalhas”

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), justificou, hoje (10), sua afirmação de que, por vias democráticas, não haverá as mudanças rápidas desejadas no país.

Ele chamou jornalistas de “canalhas” por terem, segundo ele, interpretado a frase postada no Twitter, ontem (9), de forma errada.

Também pelo Twitter, Carlos afirmou agora que trata-se de uma justificativa aos que pedem mudanças urgentes e que não quis dizer que defende a ditadura.

“O que falei: por vias democráticas as coisas não mudam rapidamente. É um fato. Uma justificativa aos que cobram mudanças urgentes. O que jornalistas espalham: Carlos Bolsonaro defende ditadura. CANALHAS! “, tuitou.

A mensagem da segunda dizia: “Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos…”.

A postagem do filho do presidente foi alvo de críticas de políticos e da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), que viram nela uma ofensa ao sistema democrático brasileiro.  Leia mais »

set 10 2019

Homicídios no Brasil têm queda, mas ainda somam 57,3 mil casos

Dados divulgados hoje (10) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública trazem números impressionantes sobre o crime no país. Os números são compilados pela entidade a partir dos registros policiais de cada Estado e levam em consideração casos de homicídios dolosos, que é quando há intenção de matar; latrocínios, o roubo seguido de morte; lesões corporais seguidas de morte e mortes decorrentes de intervenção policial.

O Brasil registrou 57.341 homicídios ao longo de 2018, o equivalente a 157 casos por dia. O número representa uma queda de 10,4% em relação aos registros de 2017, ano em que a briga entre facções fez a violência no país bater recorde.

A quantidade de assassinatos do ano passado é a menor desde 2013 e a taxa de 27,5 por 100 mil habitantes, a menor desde 2011. A letalidade policial foi o índice a apresentar alta (20,1%) e chegou a 6.220 casos, o equivalente a 17 mortes por dia.

De acordo com o relatório, a queda de homicídios ocorreu em 23 das 27 unidades da Federação, em todas as cinco regiões. A redução foi proporcionalmente mais acentuada no Acre, com -25%; mas foi em Pernambuco (-23,4%) que a queda teve maior peso: entre 2017 e 2018, o estado teve 1.257 homicídios a menos, quase 20% de toda a redução nacional. Também tiveram reduções significativas nas taxas Minas Gerais (-21,4%), Rio Grande do Sul (-21%) e Alagoas (-19,8%). A menor taxa pertence a São Paulo, com 9,5.

Leia mais »

set 10 2019

Filho de ex-ministro Edison Lobão é preso na 65ª fase da Lava Jato

Márcio Lobão, filho do ex-senador e ex-ministro Edison Lobão, foi preso hoje (10) na 65ª fase da Lava Jato, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF). A prisão é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado e foi efetuada no Rio de Janeiro (RJ).

A nova etapa da operação investiga crimes de corrupção e lavagem de dinheiro proveniente de pagamento de vantagens indevidas relacionadas à Transpetro, que é subsidiária da Petrobras, e à Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará.

Segundo o MPF, Márcio Lobão e Edison Lobão solicitaram e receberam propinas dos Grupos Estre e Odebrecht em R$ 50 milhões entre 2008 e 2014.

O mandado de prisão foi expedido contra Márcio Lobão porque, conforme o MPF, há indícios de que ele permanecia praticando o crime de lavagem de dinheiro em 2019.

Leia mais »

set 10 2019

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 90 milhões

Ninguém acertou os seis números da Mega-Sena sorteada na noite de ontem (9), sorteio que ocorreu excepcionalmente na segunda-feira devido à Loto Fácil da Independência, sorteada na sexta-feira.

Para o próximo concurso, com o sorteio amanhã (11), a estimativa de Caixa é que o prêmio chegue a R$ 90 milhões.

Os números sorteados no último concurso foram  12, 18, 19, 27, 41 e 46.  Leia mais »

set 10 2019

Carlos Bolsonaro diz que país não terá transformação rápida por vias democráticas

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), escreveu ontem (9) em seu perfil no Twitter que, por “vias democráticas”, não haverá as mudanças rápidas desejadas no país.

“Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!”, escreveu Carlos.

Apontado como responsável pela estratégia do presidente nas redes sociais, Carlos provocou turbulências no primeiro semestre após ataques a integrantes do governo do pai, mas vinha evitando polêmicas nos últimos meses.

Antes de escrever que não haverá transformações rápidas no país por vias democráticas, Carlos afirmou que o atual governo tenta colocar o Brasil “nos eixos”, mas que os “avanços são ignorados, e os malfeitores esquecidos”. Leia mais »

Posts mais antigos «