Xiomara Castro, presidente eleita em Honduras

Pela primeira vez na história, Honduras terá uma mulher comandando o país. Xiomara Castro, do partido Liberdade e Refundação (Libre), teve sua vitória reconhecida ontem (30) pelo candidato governista e atual chefe do Executivo, Nasry Asfura. A vitória de Castro representa a volta da esquerda ao poder após 12 anos de governo conservador.

Xiomara é casada com Manuel Zelaya, ex-presidente do país, destituído e preso em 2009 sob acusação de ter descumprido a Constituição do país ao supostamente articular manobras para tentar concorrer à reeleição. O golpe teve o apoio da direita e contou com participação das Forças Armadas hondurenhas.

A vitória da representante da esquerda foi marcada por dias de incerteza devido à demora na contagem de votos. Ontem, porém, Nasry parabenizou a oponente pela vitória.