«

»

set 23 2014

AÉCIO TAMBÉM DEFENDE O FIM DA REELEIÇÃO

O candidato do PSDB, Aécio Neves, diz que, se for eleito, terá a reforma política como prioridade. Ele quer o fim da reeleição e mandato de cinco anos para os chefes do Executivo (nesse ponto, seu raciocínio coincide com o da candidata do PSB, Marina Silva).

Em entrevista à Agência Brasil, ele defendeu a manutenção da obrigatoriedade do voto. Acha ainda que o financiamento público de campanha só será viável se houver mudança no sistema de votação.

Aécio destaca a necessidade de “refundar” a Federação, justificando que as demandas dos municípios e dos estados demoram muito a chegar a Brasília.

Segundo ele, o governo federal retirou dos municípios, apenas com desonerações em alguns setores da economia, R$ 11 bilhões nos últimos quatro anos.

“É um dinheiro para atender a saúde, a segurança, a geração de emprego nesses municípios”, ressalta o candidato, que pretende “ser o presidente da República que vai governar pensando nos entes federativos e elevar os recursos para os municípios”.

Um ponto abordado por Aécio Neves é bastante polêmico. Trata-se da reforma partidária. Ele defende a volta da cláusula de barreira, para acabarmos com esse quadro partidário de mais de 30 legendas. “Poderíamos ter sete ou oito legendas funcionando, o que melhoraria o sistema representativo brasileiro”. A cláusula da barreira é composta por regras que reduzem o número de partidos, mantendo em funcionamento apenas os que têm viabilidade nas urnas.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*