«

»

set 30 2017

BRASÍLIA, de A a Z

ALEXANDRE DALÉSCIO, engenheiro mecânico formado pela Universidade de Brasília, disputa em dezembro a eleição para presidente do CREA-DF (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura). Ele concorre pela Chapa 23, levando o prestígio de ser um dos diretores do Sinfor (Sindicato da Tecnologia do DF).

ÁUREA VARJÃO é uma das jornalistas mais tradicionais de Brasília, com passagens por Correio Braziliense, Câmara Legislativa e Ministério do Desenvolvimento Social. Depois de curta  temporada no Rio, por questões familiares, Áurea está de volta e assume a edição do Blog do Riella, que está sendo reformulado.

BETH FLAMÍNIO, à frente do instituto de pesquisa Dados Opinião desde a década de 70, já realizou mais de 500 pesquisas empresariais, institucionais e eleitorais no DF. Agora ela está se preparando para fazer, em outubro, a primeira Pesquisa Consorciada da Eleição de 2018. Vai sacudir o ambiente político em Brasília.

DEDÉ RORIZ é um nome novo que surge na política do DF, com posturas meio extravagantes, mas muita raça e muita dedicação à campanha eleitoral, que tenta começar antes da hora. Ele é sobrinho direto de Joaquim Roriz (sua mãe era irmã do ex-governador). Vai ser interessante ver a performance de Dedé como candidato a distrital.

DIOGO MENDES é um médico urologista ainda jovem, mas de expressão nacional e internacional. Além de instalar a clínica Uromedical, no Setor de Saúde Sul, ele dedica-se também à Associação Médica de Brasília, onde acaba de ser eleito Diretor de Comunicação. Diogo é um médico que pensa na cidade.

GISLAYNE MENDOZA assumiu a presidência da Associação dos Jovens Empresários (AJE-DF), entidade que estava sem atividades há alguns anos. Ela já conseguiu mobilizar centenas de empresários abaixo dos 40 anos para projetos de apoio mútuo e aperfeiçoamento. Gislayne é dona da Clínica Mendoza (Gilberto Salomão).

GUTEMBERG FIALHO, presidente do SindMédico-DF (Sindicato dos Médicos), era do mesmo partido de Rodrigo Rollemberg, o PSB, mas inexplicavelmente foi ignorado desde o início do governo. Poderia ser sido grande parceiro do governador na construção de uma Saúde melhor no DF, mas do GDF nunca parte diálogo.

HÉLIO FAUSTO DE SOUZA, conhecido construtor de Brasília, é o presidente do Clube de Engenharia de Brasília, entidade que está comemorando 60 anos de criação (antes de Brasília) . Ele destaca o objetivo da organização de agregar diversos segmentos de Engenharia, Arquitetura e Agronomia na cidade.

HELVÉCIO FERREIRA foi reeleito para mais um mandato como presidente do Clube da Saúde (Associação dos Profissionais de Saúde Pública do DF). A entidade funciona no SIA, na ala das entidades públicas, e tem instalações fantásticas. Helvécio é ainda presidente do Conselho de Saúde do DF.

MOEMA LEÃO, mulher de destaque na vida de Brasília desde a década de 70, lançou a 26ª edição do evento CasaCor no DF, na QI 9 do Lago Sul, sob o tema “Foco no essencial”. São 43 ambientes, assinados por mais de 70 profissionais, com a organização de duas outras empresárias: Eliane Martins e Sheila Podestá.

RICARDO CALDAS, presidente do Sinfor-DF (Sindicato da Indústria da Tecnologia), não esmorece desde 2002, lutando pela implantação do Parque Tecnológico Capital Digital (PTCD), no terreno de 120 hectares perto da Granja do Torto. Pode demorar, mas vai sair, quando tivermos um governador sensível ao tema.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*