«

»

set 22 2017

RIO, CIDADE EM ESTADO DE GUERRA

HÉLIO FERNANDES

A maior favela do Rio, a Rocinha, onde moram centenas e centenas de milhares de pessoas, vive uma tragédia permanente.

Tiveram um sopro de esperança com as UPPs. Logo, desapareceu.

Esperavam saneamento, serviços, tranquilidade, gastaram fortunas, construindo teleféricos para turistas. Ficou pior do que antes.

Mas ninguem imaginava que o reforço militar agravasse tudo. Em vez de combaterem os bandidos traficantes, lutam entre si, militares, polícia do Rio, secretário de Seguranca, governador, ministro da Defesa.
A cidade, encurralada , isolada, assustada, com trânsito estrangulado, assiste as autoridades travarem uma guerra de egos.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*