«

»

mar 16 2015

SE DILMA ABRISSE A CAIXA PRETA DA PETROBRAS PODERIA SE SALVAR

RENATO RIELLA

Dilma Rousseff está carente de raciocínio lógico. Ela e o Brasil vivem uma crise política sem precedentes, mas nada é feito para devolver a normalidade ao país. Pelo contrário!

O raciocínio lógico nos obriga a reconhecer que não haverá impeachment. Mas, pergunta-se: vale a pena a uma presidente da República viver quatro anos infernais de mandato?

Outra solução é a renúncia. Mas Dilma já sofreu torturas maiores, quando era jovem – e consta que não entregou os seus companheiros terroristas.

Assim, como diria o Zagalo, teremos que engolir a Dilma. Mas, pensando bem, ela deveria fazer algum esforço inteligente para essa degustação ser menos indigesta.

E o que Dilma pode fazer? Vamos dar algumas ideais.

Uma das respostas vem da Petrobras. A ex-presidente da empresa, a desaparecida Graça Foster, caiu quando reconheceu publicamente que o prejuízo contabilizado chegou a R$ 88,6 bilhões.

A Justiça Federal falava no desvio de R$ 4 bilhões, roubados por criminosos diversos, mas Graça Foster chutou o balde, de saco cheio, e reconheceu que o balanço da empresa deve situar a perda em R$ 88,6 bilhões. É muito! Assustador!

Este número monstruoso abrange também o dinheiro desviado para contas particulares, mas na verdade é inflado por investimentos malucos (e desonestos), como a refinaria de Pasadena, as refinarias do Maranhão, do Ceará e de Pernambuco, os negócios perdidos na Bolívia, grandes empreendimentos fracassados no Rio de Janeiro, perdas com Eike Batista e outras coisas vergonhosas.

Por que Dilma não passa tudo isso para a sociedade, atribuindo responsabilidades claras?

Ninguém consegue dizer qual a realidade de Pasadena. Vale a pena explicar isso. As usinas nordestinas geram “perda total”, como se diz quando um carro sofre grave acidente? Ou há algum investimento a se recuperar nelas?

Como salvar investimentos feitos na Bolívia? Eike Batista deve mesmo à Petrobras?

E assim por diante. Dizem que, finalmente, a Petrobras divulgará o balanço de 2014, dentro de um mês.

A presidente Dilma deve se antecipar e passar para todos os brasileiros a realidade sobre a nossa maior empresa.

Esta foi uma das principais reivindicações das passeatas de ontem. Todos nós, quando abastecemos nossos carros com gasolina perto dos R$ 4,00, botamos a culpa na Dilma.

E ela nunca se defende de forma organizada.

Presidente Dilma, abra a caixa preta da Petrobras, doa a quem doer. Não dá para esperarmos o longo prazo de um impeachment para ter essas respostas.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*